Entre os dias 30 de maio e 3 de junho deste ano terá lugar o 25º Congresso da Federação Internacional dos Médicos Católicos (FIAMC).
 
Estes encontros, que reúnem os representantes das associações dos médicos católicos dos cinco continentes, têm sido organizados regularmente de quatro em quatro anos desde 1945, em continuação de reuniões periódicas anteriores à Segunda Guerra Mundial.
 
Os médicos católicos de todo o mundo congregam-se com os objetivos de debaterem os temas controversos relacionados com a vida humana na cultura das sociedades contemporâneas à luz da nossa Fé e dos documentos doutrinais da Igreja Católica. Estas magnas reuniões mundiais são intercaladas com congressos de médicos católicos em cada um dos cinco continentes que também se realizam de quatro em quatro anos.
 
O 3º Congresso da FIAMC foi realizado em Lisboa em junho de 1947; foi dedicado ao tema “A Medicina Individual e a Medicina Coletiva” sendo o seu Presidente o Prof. João Porto. O 18º Congresso foi realizado no Porto sendo o Prof. Walter Osswald o Presidente do Congresso; foi dedicado ao tema “O Médico e a Nova Evangelização”.
 
Os últimos congressos mundiais tiveram lugar nas cidades de Nova Iorque (1998), Roma (Congresso Jubilar - 2000), Seul (2002), Barcelona (2006), Lourdes (2010) e Manila (2014).
 
O 25º Congresso da FIAMC terá lugar em Zagreb, capital da Croácia. O tema central do próximo congresso será: “A Santidade da Vida e a Profissão Médica desde a Humanae Vitae à Laudato Si”.
 
Os objetivos gerais do congresso são:
 
1- Promoção da Santidade da Vida à luz do Relativismo Ético, do Secularismo e do Trans-humanismo;
2- Integração da nossa Fé na prática da Vocação tal como se expressa no Magistério da Igreja e nas Encíclicas Papais nos últimos cinquenta anos;
3 - Revelação da Missão da FIAMC como associação de leigos profissionais da medicina.
 
Estes temas serão debatidos em tópicos parciais em conferências, mesas redondas e sessões dedicadas.
 
Durante o decurso do Congresso será entregue o Prémio João XXI, médico, português e Papa, que tem sido atribuído pela Associação Portuguesa dos Médicos Católicos a um trabalho publicado sobre Deontologia ou Ética nos domínios da Medicina.
 
O programa preliminar mais detalhado e as condições de inscrição poderão ser consultados na página oficial da FIAMC a Internet.
 
Alexandre Laureano Santos