Quem somos

Quem somos?

A Associação dos Médicos Católicos Portugueses (AMCP) é um organismo nacional, privado, sem fins lucrativos, que tem por finalidade congregar os profissionais da medicina que se afirmam católicos e desejam exercer a sua profissão à luz dos princípios evangélicos.

 

 

Pensamos não ser incorrecto servirmo-nos dos primeiros documentos escritos para estabelecer como data da fundação da nossa Associação o dia 25 de Março de 1915. Foi esta a data do telegrama enviado para a Santa Sé pelo Senhor Bispo do Porto...

(Prof. Doutor Walter Osswald, Acção Médica, n.º2) 

Em artigo intitulado "Associação dos Médicos Católicos: Nascimento e Primeiros Anos", publicado no n.º 2 (2015) da revista oficial da AMCP, "Acção Médica", o professor doutor Walter Osswald recorda por primeiros momentos da associação, no contexto de um movimento internacional que procurou dar resposta aos apelos do papa Leão XIII e do seu sucessor Pio X. 

 

 Há 100 anos um grupo de médicos que se declaravam católicos, isto é universais na fé e no serviço, reuniu-se sob a égide e o impulso de D. António Barroso, Bispo do Porto e missionário por vocação e pela prática, a fim de fundar esta mesma Associação, que chamamos nossa e queremos que seja de muitos mais...

(Prof. Doutor Walter Osswald, discurso, a 7 de novembro de 2015) 

No contexto da celebração dos cem anos da AMCP, em 2015, o professor doutor Walter Osswald volta a recordar os momentos fundadores da Associação, num discurso que vale a pena ser recordado e que intitulou: "Médicos e católicos, cem anos da Associação dos Médicos Católicos Portugueses: Comemorar, celebrar, comprometer-se".

 

Qual é a nossa missão? 

A missão da AMCP é a definição e a difusão de princípios orientadores das atividades ligadas a saúde à luz da fé cristã, partindo da análise dos problemas que derivam do exercício concreto da medicina, nos quais incide a reflexão e se fundamenta a experiência dos seus associados.

Os Estatutos da Associação dos Médicos Católicos Portugueses atualmente em vigor datam de 1999 e definem a nossa missão e valores. 

A Associação tem os seguintes fins:

  • Fazer uma reflexão cristã sobre as situações e sobre os problemas éticos e deontológicos relacionados com a profissão médica, numa linha de humanização da medicina e evangelização das pessoas ligadas às áreas de saúde;
  • Promover a adequada preparação espiritual e cultural dos seus associados;
  • Colaborar com as instituições e as iniciativas mais relacionadas com a Pastoral da Saúde;
  • Permanecer aberta ao diálogo e à entreajuda esclarecida entre as organizações e os movimentos nacionais e internacionais no sector da saúde, para a dignificação do homem e para a promoção da qualidade de vida;
  • Pôr a sua competência profissional ao serviço da Igreja.

Intercâmbio Internacional

Conforme exarado nos seus Estatutos, a Associação dos Médicos Católicos Portugueses incentiva e participa a troca de experiências profissionais, de formação e espirituais e o intercâmbio internacional.

O espaço institucional adequado a esse intercâmbio internacional é em primeira instância assegurado através da integração da AMCP na Federação Europeia das Associações de Médicos Católicos (FEAMC) e na Federação Internacional das Associações dos Médicos Católicos (FIAMC), organismos com os quais a AMCP colabora ativamente através da participação nos respetivos órgãos de gestão e da intervenção ativa nas diferentes iniciativas organizadas e promovidas.

fiamc feamc medicoscatolicos 

Alguns dos congressos organizados pela FIAMC tiveram lugar em Portugal, neles se tendo largamente debatido as questões fundamentais do exercício contemporâneo da medicina nos domínios da ética e da moral, das ciências fundamentais e das ciências aplicadas, da economia da saúde e do exercício concreto nos vários países e nas várias culturas.

Prémio João XXI

A Associação dos Médicos Católicos Portugueses tem sob a sua responsabilidade a atribuição do Prémio Internacional de Ética e Deontologia João XXI, que visa premiar um trabalho publicado sobre Deontologia ou Ética nos domínios da Medicina.

O galardão é sempre anunciado e entregue durante a realização de congresso internacional da Federação Internacional das Associações de Médicos Católicos. 

A designação escolhida para o prémio"João XXI" pretende ser uma homenagem da AMCP a João XXI, médico e papa português.